fbpx Skip to content
Transformation of Lime Butterfly ( papilio demoleus )

Como você nota que está evoluindo?

Se você parar para pensar e fizer uma análise dos últimos cinco anos, o que realmente mudou?

Estamos vivendo uma fase onde se fala muito em mudanças, desenvolvimento e evolução. São ofertas de cursos, workshops, palestras, programas, literatura, sessões individuais, mentoria, atendimento online, modelagem etc.

A questão central não são as ofertas em si, que SIM, são válidas e podem realmente ajudar. O que devemos nos perguntar é como anda o nosso processo individual de desenvolvimento e evolução.

Se você parar para pensar, e fizer uma análise dos último cinco anos, o que realmente mudou? Você é um líder melhor para a sua equipe? Você considera que o seu nível de satisfação pessoal ou profissional continua o mesmo, piorou ou melhorou? É importante que você faça um balanço de como você se adaptou às mudanças que ocorreram, para em seguida fazer uma outra análise, que seria se as ferramentas de fato foram úteis.

É difícil medir a curto prazo suas iniciativas de desenvolvimento, já a longo prazo fica simples perceber o que de fato ajudou em um ponto de virada, uma mudança importante, decisões ou ajustes de percurso.

Eu gosto da metáfora da cebola para explicar o desenvolvimento pessoal e organizacional. Nós vamos evoluindo em fases, camadas, e ao mesmo tempo nos preparando para algo mais profundo e substancial. É importante preparar a base para uma mudança mais profunda, então não devemos subestimar o nosso processo. Todos precisam de tempo e vivência para alcançar níveis mais elevados de desenvolvimento.

O Coaching, por exemplo, é SIM uma ferramenta significativa de desenvolvimento, se usada no hora certa e pela pessoa certa. Para um processo de Coaching, tem que se trazer a inquietação da mudança, o tempo de reflexão e ação que o processo vai exigir e a determinação e persistência que toda mudança precisa.

Muitas empresas desenvolvem os seus profissionais através do Coaching, mantendo, assim, a alta performance da equipe e o foco nos resultados. É necessário um conhecimento profundo da sua equipe e visão para tomar a decisão correta e saber a hora certa e como investir nas pessoas chave, aquelas que fazem a diferença.

Acredito muito no Coaching alinhado à linha do pensamento sistêmico, como uma ferramenta eficaz, que auxilia as empresas a lidarem com o ambiente mutante dos negócios na atualidade.

Artigo originalmente publicado no Portal Administradores.

Curtiu o texto? Compartilha ;)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Cursos relacionados